Autoridade de aviação europeia EASA suspende certificação para Sukhoi Superjet 100 e Beriev Be-200

1 659

Autoridade aeronáutica europeia EASA suspende certificação de modelos russos e não quer mais aceitar novos pedidos por enquanto, escreve portal de aviação alemão aeroTELEGRAPH .

Além das sanções anteriores impostas à Rússia por invadir a Ucrânia (as companhias aéreas russas não podem mais comprar ou alugar aeronaves ou usar serviços de manutenção em países ocidentais, cujo espaço aéreo foi fechado para elas), a EASA declarou que suspendeu as certificações de aeronaves. peças e simuladores.

A autoridade publicou uma lista de empresas e aeronaves afetadas. Estes incluem o Sukhoi Superjet 100, o Tupolev Tu-204-120 e o avião de combate a incêndio Beriev Be-220-ES-E, entre muitos outros. No entanto, nenhuma dessas aeronaves é atualmente usada na União Européia, embora alguns CityJet SSJ100s tenham voado para a Brussels Airlines. Ao mesmo tempo, esses modelos não podem voar de/para a Europa, independentemente das companhias aéreas que os possuem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.