A França adotou novas regras sobre o Green Pass. Não será mais válido sem a dose de reforço!

1 1.272

Mais de meio milhão de franceses descobrirão que a vacinação Green Pass não será mais válida no sábado, 15 de janeiro, depois que o governo introduziu novas regras. Assim, a validade do passe verde será dada pela terceira dose/dose de reforço.

A partir de 15 de janeiro de 2022, a validade do passe verde ficará condicionada à conclusão atempada da dose de reforço da vacina COVID-19 para pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos.
Assim:

  • As pessoas que receberam 2 doses da vacina devem dar o reforço no máximo 7 meses após a segunda injeção, • As pessoas que tiveram Covid-19 e depois receberam uma dose única da vacina (AstreZeneca, Pfizer, Moderna) devem fazer o recall dentro de 7 meses de injeção;
  • Pessoas que receberam uma dose de vacina e tiveram Covid-19 mais de 15 dias após a injeção devem receber o reforço no máximo 6 meses após a infecção;
  • Pessoas que tiveram Covid-19 e receberam uma dose de Janssen (Johnson & Johnson) após a infecção devem receber o reforço no máximo 2 meses após a injeção;

No caso de pessoas ainda não elegíveis para a dose de reforço, o certificado de vacinação do esquema de vacinação inicial (dose única ou duas doses) permanece válido. Pessoas com mais de 18 anos são elegíveis para a dose de reforço três meses após a última dose da vacina administrada ou infectada.

Para as pessoas que receberam a dose de reforço, o Health Pass torna-se ativo da seguinte forma:

  • 7 dias após a segunda dose da vacina Janssen/Johnson & Johnson;
  • 7 dias após a segunda dose para pessoas que já foram infectadas pelo vírus SARS-CoV-2 (esta é uma medida aplicada pela França a pessoas que passaram pela doença e cujos 180 dias expiraram após a infecção, até 15 de janeiro este ano, no caso deles, era válida uma única dose de vacina);
  • 7 dias após a terceira dose para as vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.