A França introduziu a obrigação de apresentar o certificado de saúde em todos os restaurantes e cafés, feiras, hospitais, alguns centros comerciais

0 871

A partir de 09.08.2021, a França introduziu a obrigação de possuir um atestado de saúde para acesso a restaurantes / cafés (incluindo esplanadas), feiras, feiras, hospitais (exceto em caso de emergência), alguns grandes centros comerciais (com base numa decisão de serviços da prefeitura) , transporte público inter-regional (avião, trem, navio).

Este regulamento se aplica a pessoas com mais de 18 anos de idade e será aplicável a menores com mais de 12 anos de idade, a partir de 30 de setembro de 2021.

O certificado sanitário (resultado negativo de um teste para COVID-19, certificado de vacinação ou certificado de recuperação em decorrência de infecção pelo vírus SARS-CoV-2) pode ser apresentado em papel ou digitalmente.

Desde 7 de julho de 2021, os testes de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 são gratuitos apenas para residentes. No caso de turistas estrangeiros, os testes são pagos (€ 49 teste PCR e € 29 teste antigénico), mas podem ser superiores, dependendo do laboratório. Um estrangeiro que não resida em França pode fazer um teste gratuito apenas em duas situações: mediante receita médica ou se identificado como contacto, com a apresentação do Cartão Europeu de Seguro de Doença para cidadãos dos Estados-Membros da UE ou do Espaço Económico Europeu e Suíça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.