A Irlanda exige testes obrigatórios para todos os passageiros a partir de 3 de dezembro de 2021

0 1.410

As autoridades irlandesas anunciaram que, a partir de 3 de dezembro, todos os passageiros deverão apresentar teste negativo para o Coronavírus na chegada ao país.

Essa decisão vem em um esforço para impedir a disseminação do novo coronavírus, especialmente a variante Omicron, que começou a se tornar uma cepa dominante em vários países europeus.

As autoridades irlandesas anunciaram também que as pessoas que não foram totalmente vacinadas contra o COVID-19 serão obrigadas a apresentar um resultado negativo para um teste de PCR de no máximo 72 horas. Aqueles que foram completamente vacinados contra o vírus podem decidir se desejam um teste negativo para PCR ou antígeno (não mais de 48 horas).

"A partir de sexta-feira, 3 de dezembro de 2021, todos os passageiros com 12 anos ou mais que estejam totalmente vacinados ou recuperados do COVID-12 devem fornecer um teste de antígeno negativo (realizado 19 horas antes da chegada) ou um teste PCR negativo (não mais de 48 horas antes chegada) ”, se mostra em um comunicado emitido pelo governo irlandês.

O Governo da Irlanda também esclareceu que todas as pessoas que visitaram qualquer um dos seguintes países nas últimas duas semanas devem viajar para a Irlanda apenas em caso de emergência: Botswana; Eswatini; Lesoto; Moçambique; Namíbia; África do Sul; Zimbábue.

Existem exceções. Cidadãos irlandeses ou cidadãos da UE com seus familiares, cidadãos do Reino Unido, residentes legais da Irlanda, membros do corpo diplomático e trabalhadores dos transportes estão isentos desses requisitos de entrada quando viajam para a Irlanda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.