A Suíça proíbe viagens de Israel, África do Sul, Hong Kong e outros países terceiros. Apresenta quarentena obrigatória para 23 estados!

0 459

Omicron, a nova cepa de coronavírus, alertou todo o planeta. Vários países europeus começaram a aplicar medidas restritivas à entrada. Ao mesmo tempo, vários países bloquearam voos de Botswana, Eswatini, Lesotho, Moçambique, Namíbia, Zimbabwe e África do Sul. Inclusivo A Romênia introduziu esses estados na lista vermelha.

A Suíça, um dos países da Europa que aplica severas medidas de fronteira, anunciou que proíbe viagens de Botswana, Eswatini, Hong Kong, Israel, Lesoto, Moçambique, Namíbia, África do Sul e Zimbábue, considerados países de alta epidemiologia.

Além disso, a Suíça também introduziu restrições de entrada para viajantes da Bélgica, Israel e Hong Kong, sendo este último completamente removido da lista de países seguros da UE. Apenas cidadãos suíços e titulares de autorização de residência na Suíça e na UE / Espaço Schengen que retornam desses países têm permissão para entrar no território suíço.

No sábado, 27 de novembro, a Suíça introduziu quarentena obrigatória para viagens no Reino Unido, Egito, Malaui, República Tcheca e Holanda. Todos esses países relataram recentemente casos positivos da cepa Omicron coronavirus.

Dois dias após a introdução da proibição de entrada em vários países, as autoridades suíças acrescentaram na segunda-feira, 29 de novembro, mais quatro países à lista de áreas com o novo coronavírus, incluindo Angola, Austrália, Dinamarca e Zâmbia. Países foram adicionados a esta lista devido a novos casos confirmados com Omicron.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.