Alemanha estende as atuais restrições de entrada até o final de maio

0 471

As autoridades alemãs decidiram prolongar as restrições de entrada existentes para o coronavírus até ao final de maio, depois de avaliar a situação atual do COVID-19, que não permite a eliminação completa das regras de viagem. A decisão foi anunciada através do portal alemão deutschland.de. As restrições deveriam terminar na quinta-feira, 28 de abril.

"A fim de proteger contra a propagação do Coronavírus, os regulamentos de entrada permanecerão em vigor por enquanto para quem retorna de férias e para viajar para a Alemanha.", diz-se numa atualização publicada pelo portal.

Os passageiros que entram na Alemanha com um certificado de vacina COVID devem garantir que foram vacinados nos últimos 180 dias com a última injeção ou que receberam um reforço, caso contrário, sua vacinação será considerada inválida. Ao mesmo tempo, as únicas vacinas aceitas como prova válida de vacinação para entrada são as aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e as adotadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por outro lado, os certificados de recuperação só são aceitos se o passageiro tiver sido infectado com COVID-19 nos últimos 90 dias antes da viagem à Alemanha.

Aqueles que não foram vacinados ou previamente infectados com COVID-19 terão que testar negativo para Coronavírus, seja PCR ou antígeno, obtido dentro de 48 horas após a chegada à Alemanha.

"O regulamento também prevê obrigações de quarentena para aqueles que retornam das chamadas áreas de alto risco ou infectadas. Atualmente, porém, nenhum país é classificado como tal pelo Governo Federal", Diz-se na atualização.

Concluindo, se você deseja viajar para a Alemanha, precisa de um certificado digital COVID-19, obtido após vacinação, cura ou teste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.