As percentagens de TAROM do 20 foram avaliadas entre o 20 e o 60 milhões de euros

0 368

O consórcio intermediário da oferta pública da TAROM discutirá no próximo período com os potenciais investidores o estágio necessário para promover a transação.

No processo de privatização da TAROM, decisão tomada à luz dos compromissos assumidos pelo Governo perante o FMI, foi seleccionada a consultora formada pelo consórcio formado pelas sociedades financeiras Carpatica Invest - Swiss Capital, única que apresentou a oferta no concurso, informa Negócios diários.

Atualmente, o consórcio de corretagem está se preparando para reuniões com potenciais investidores, estágio necessário para promover a transação.

A comissão de privatização da TAROM avaliou as porcentagens da empresa 20, que serão listadas na bolsa de valores, pelo menos 20 e máximo de 60 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.