Grécia estende a validade dos certificados de vacinação e recuperação COVID-19

0 391

As autoridades gregas decidiram estender a validade dos certificados de vacinação COVID de sete meses para nove meses, de acordo com as diretrizes da União Europeia.

"A validade do certificado de vacinação após a segunda dose da vacina será após nove meses e não sete como agora." A Plevris apontou isso, de acordo com a Skai TV.

Além disso, as autoridades gregas anunciaram também que a validade dos certificados de cobrança será alargada de três meses para seis meses. O ministro da Saúde enfatizou que não haveria restrição de validade após a terceira dose, conhecida como vacina de reforço ou dose de reforço.

Relativamente à quarta dose, o ministro disse que deve haver uma decisão conjunta a este respeito a nível europeu e um parecer relevante da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC).

Em relação ao relaxamento de algumas das restrições impostas para impedir a propagação do Coronavírus e suas novas cepas nos meses de verão, Plevris destacou que "O que nos interessa é que, à medida que nos aproximamos do verão, nos aproximamos do normal."

O ministro enfatizou que a exigência de apresentação do certificado para entrar em locais diferentes será retirada no próximo mês. No entanto, Plevris disse que parar de usar máscaras em ambientes fechados não está sendo considerado no momento, pois o país enfrenta um aumento nas infecções por COVID-19.

"O uso de máscaras em ambientes fechados é considerado uma medida relativamente fácil. Não é uma medida que restringe a mobilidade dos nossos concidadãos ou a vida económica e social do local e é muito protetora contra o vírus. Dado que as atividades indoor são muito limitadas no verão, não acreditamos que devamos considerar o levantamento desta medida imediatamente”. sublinhou o.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.