O Japão fechará suas fronteiras em resposta à nova versão do COVID-19

0 359

As autoridades japonesas confirmaram que vão proibir visitantes de todo o mundo à medida que aumentam os temores sobre uma nova versão do Covid-19. A decisão vem poucas semanas depois que o país suspendeu as regras de entrada, em grande parte em vigor desde que a pandemia estourou na primavera passada. A medida será aplicada a partir de 30 de novembro.

Omicron, a nova variante do coronavírus, foi detectado na África do Sul na semana passada. Em resposta, o Japão apertou as restrições de entrada para pessoas que chegam da África do Sul e de outros oito países da região. No momento, os hóspedes devem ser colocados em quarentena por dez dias em unidades designadas pelo governo. A partir de 30 de novembro, as viagens turísticas estarão bloqueadas.

Pouco se sabe sobre a nova cepa Covid-19. Pesquisas estão sendo feitas para determinar se o Omicron é mais contagioso ou mais perigoso para a saúde humana. Os fabricantes de vacinas estão conduzindo estudos para determinar sua eficácia contra o novo coronavírus.

No entanto, dezenas de países se apressaram em impor restrições, bloquear voos e fechar fronteiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.