A República Tcheca impõe testes duplos para viajantes não vacinados da Romênia, Eslovênia, Letônia e San Marino

0 310

A partir de 20 de setembro, os passageiros na Eslovênia estarão sujeitos a testes duplos e requisitos de quarentena em chegada à República Checa, visto que o país foi retirado da lista de epidemiologicamente seguro. Além disso, aqueles que chegam da Letônia, San Marino e Romênia também devem seguir as mesmas regras, pois os países foram adicionados à lista vermelha.

Além disso, quem chega da Islândia e de Portugal deve preencher um formulário de localização e realizar um PCR ou teste antigénico nos primeiros cinco dias após a chegada ao país.

Países terceiros anteriormente colocados na categoria verde, como Austrália, Hong Kong, Jordânia, Coréia, Canadá, Catar, Macau, Nova Zelândia, Arábia Saudita, Cingapura e Taiwan, será removido desta categoria começando segunda-feira.

Cada viajante deve preencher um formulário de chegada ao chegar na República Tcheca.

Os países em lista Vermelha da República Tcheca atualmente incluem o seguinte:

  • Áustria
  • Bélgica
  • Bulgária
  • Croácia
  • Cipru
  • Estônia
  • França
  • Germania
  • Grécia
  • Irlanda
  • Látvia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Monaco
  • Noruega
  • România
  • San Marino
  • Espanha
  • Suíça
  • Holanda

Aqueles que chegam de um desses países também são obrigados a realizar dois testes de PCR e se isolar por 14 dias após a chegada à República Tcheca. Os exames serão realizados no dia 5 e no dia 14 de internação.

Viajantes que chegam de países em lista laranja são obrigados a preencher um formulário e realizar um teste PCR na chegada à República Tcheca.

  • Andorra
  • Dinamarca
  • Finlândia
  • Islândia
  • Itália
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Portugalia
  • Eslováquia
  • Suécia

Viajantes não vacinados que chegam de um dos países de baixo risco epidemiológico (lista verde da República Tcheca), que inclui Hungria, Polônia e Vaticano, devem se registrar e fornecer um teste PCR negativo na chegada. Os passageiros vacinados com uma das vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (Moderna, AstraZeneca, Pfizer e Janssen) estão isentos dos requisitos de entrada.

O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) revela que a República Tcheca vacinou completamente 65.5% de sua população, enquanto 69.2% receberam a primeira dose da vacina.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.