Airbus e Boeing expressaram preocupação com as redes 5G dos EUA

1 467

Agora, se chamarmos sua atenção para este título, vamos ver como ele realmente é. A Airbus e a Boeing enviaram uma carta ao Departamento de Transporte dos EUA expressando "preocupação" com a possível interferência entre algumas redes 5G e instrumentos de vôo de aeronaves.

Na verdade, essas são redes que usam o espectro sem fio da Banda C 5G (3.7 - 3.8 GHz), desenvolvido pela Verizon e AT&T, o que poderia interferir nos rádios altímetros de aeronaves. As redes 5G das duas operadoras de telecomunicações seriam lançadas em 5 de janeiro.

Os estudos estão em andamento e os principais fabricantes de aeronaves estão trabalhando com autoridades civis, funcionários do governo e transportadoras aéreas para garantir a segurança das operações aéreas em todo o mundo.

As autoridades podem recomendar o desligamento dos telefones 5G a bordo da aeronave. Medida semelhante já foi tomada pela França, pelo menos até que haja estudos e regulamentações suficientes para que os voos não sejam ameaçados.

As autoridades dos EUA podem impor um limite à potência das antenas 5G perto dos aeroportos, como a França fez no início deste ano. A medida seria necessária para evitar a suposta interferência que pode ocorrer entre as redes 5G e os sistemas ILS dedicados às operações de pouso a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.