A Avianca suspendeu mais de 20 rotas internacionais.

0 571

A evolução da pandemia COVID-19 mostrou que o fim da pandemia ainda está longe. Conforme a vacinação avança em mais de 100 países ao redor do mundo, existem muitas restrições de viagens que forçaram o fechamento das fronteiras devido a novas cepas do vírus.

As companhias aéreas são cautelosas e preferem manter horários reduzidos, mantendo as rotas mais solicitadas. Uma dessas companhias aéreas é a transportadora nacional colombiana Avianca. CA empresa anunciou o cancelamento de mais de 20 voos internacionais de e para a Colômbia, a partir de 1º de março.

Em janeiro, a transportadora colombiana anunciou um aumento no número de rotas em 77% e frequências em 124%, em relação a outubro de 2020. No entanto, a evolução da pandemia obrigou a companhia aérea a mudar seus planos.

A Avianca cancelou mais de 20 rotas internacionais.

Em 1º de março, a transportadora cancelou mais de 20 rotas para destinos internacionais servidos nos aeroportos de Bogotá El Dorado, Cali Alfonso Bonilla e Medellín José María Córdova.

Essas medidas vão durar até 1º de abril ou até que a situação permita a retomada dos voos. No entanto, destinos como Orlando International (EUA) e Curaçao International retornarão antes desse horário.

Os passageiros afetados por esses cancelamentos têm a oportunidade de alterar a rota e a data sem nenhum custo extra. A lista de destinos cancelados é:

  • De Bogotá: Barcelona (Espanha), Londres (Reino Unido), Curaçao, San Juan (Porto Rico), La Paz e Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), Rio de Janeiro (Brasil), Assunção (Paraguai), Montevidéu (Uruguai)), Fort Lauderdale e Orlando (EUA) e Panamá.
  • De Cali e Medellín: Madri, Espanha).
  • Rotas na América Central: San Salvador - New York Newark (já suspenso desde fevereiro), San Salvador - Dallas (EUA), San Salvador - Toronto (Canadá) e Panama-San José (Costa Rica), entre outros.

A Avianca confirmou a implantação de um sistema de teste de passageiros.

Uma rota internacional será lançada entre San Salvador International e Ontario International (EUA). Esta última rota será operada três vezes por semana por uma aeronave Airbus A319, com o objetivo de aumentar a conexão entre a América Central e a Costa Oeste dos Estados Unidos.

Para os demais voos internacionais que não foram suspensos, a Avianca confirmou a implantação de um sistema de testes em colaboração com a SynLab Columbia.

Esses testes permitirão que os passageiros internacionais que compram as opções L e XXL realizem um teste PCR antes da partida e recebam os resultados nas próximas 24-36 horas. Para o resto dos passageiros, a opção continua disponível por um custo adicional.

Por outro lado, a Avianca anunciou a inauguração de várias rotas nacionais. Novas rotas incluem Pereira Matecaña a Cartagena Rafael Núñez e Santa Marta Simon Bolívar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.