A Boeing está solicitando o encalhe de 8 aeronaves 787 Dreamliner. Defeitos de fabricação foram descobertos.

A Boeing está solicitando o encalhe de 8 aeronaves 787 Dreamliner. Defeitos de fabricação foram descobertos.

0 212

Depois de detectar dois defeitos de fabricação, que podem comprometer sua resistência, Boeing pediu a várias companhias aéreas (United Airlines, Singapore Airlines e Air Canada) a detenção de 8 aeronaves 787 Dreamliner no solo.

Esses problemas dizem respeito à retaguarda dos aviões, relata The Air Current. A conexão de certas seções da fuselagem pode estar com defeito, colocando em risco a estrutura da fuselagem e não sendo capaz de suportar as condições de voo. Pode ocorrer um luft anormal entre as várias juntas da estrutura atrás da aeronave.

Defeitos de fabricação foram descobertos.

Além disso, a superfície de fibra de carbono das oito aeronaves não atenderia às especificações do fabricante, mesmo que essas aeronaves fossem fabricadas recentemente. Lembramos que um defeito técnico do estabilizador horizontal já atrasava o programa Dreamliner em junho de 2010, algum tempo antes de entrar em operação.

Assim, a Boeing exigiu a retirada do serviço comercial desses oito aviões para serem "inspecionados e consertados", declarou à mídia americana um porta-voz da fabricante.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.