Botsuana, Eswatini, Lesoto, Moçambique, Namíbia, África do Sul e Zimbábue entram na lista vermelha da Romênia

0 423

O CNSU adotou a decisão sobre a lista de classificação de países e territórios de acordo com a taxa de incidência cumulativa, a fim de determinar as pessoas que chegam deles na Romênia e nas quais a medida de quarentena é estabelecida.

No contexto do surgimento da nova cepa sul-africana de coronavírus, a quarentena de cidadãos romenos vindos das respectivas áreas é estabelecida e o acesso de cidadãos estrangeiros e apátridas é proibido.

A partir de 28 de novembro de 2021, Botswana, Eswatini, Lesoto, Moçambique, Namíbia, África do Sul e Zimbábue entram na lista vermelha da Romênia.

Aqueles que viajarem desses países para a Romênia, ficarão em quarentena por 14 dias em casa ou no local declarado, se houver a possibilidade de delimitação de outros membros da família ou daqueles com quem vivem ou em espaços especialmente designados, fornecidos por autoridades da administração pública local, de acordo com as disposições legais em vigor.

Além da medida de quarentena, todos os viajantes provenientes dos estados africanos mencionados acima serão submetidos a testes de PCR contra COVID-19 na entrada na Romênia e no 8º dia de chegada. Se o resultado for negativo, será possível sair da quarentena no 10º dia.

As novas mudanças vêm para se completar a lista de países com risco epidemiológico foi atualizada pela Romênia (26 de novembro de 2021).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.