A tripulação de cabine da Ryanair na Bélgica está em greve no fim de semana de 22 a 24 de abril

0 1.284

O sindicato CNE/ACV Puls anuncia que a tripulação de cabine belga da companhia aérea de baixo custo Ryanair entrará em greve de sexta-feira 22 a domingo, 24 de abril. A ação afetará os voos da Ryanair do Aeroporto de Bruxelas e do Aeroporto Bruxelas Sul Charleroi. Segundo o sindicato, a direção não respeita os direitos fundamentais de seus funcionários belgas e as negociações fracassaram.

Uma tentativa final de mediação entre os representantes do pessoal e a gestão"não levou às soluções esperadas"Diz o sindicato. "Três anos depois de finalmente concordar em cumprir a lei belga, a Ryanair continua a violar os direitos de seus funcionários”. diz o secretário da CNE, Didier Lebbe.

A RYANAIR tem 650 funcionários na Bélgica, dos quais 400 são comissários de bordo. Hans Elsen da ACV Puls explica que “o sistema salarial aplicado está errado, os salários não são pagos corretamente, os documentos essenciais para a legislação social não estão em ordem e assim por diante".

Segundo os sindicatos, 75% do pessoal de cabine recebe o salário mínimo setorial. " Trabalham aos feriados, fins-de-semana, de manhã e à noite por 2.000 euros brutos, enquanto a Ryanair em Charleroi tem uma margem de lucro de 30%."Disseram os sindicatos.

Concluindo, se você tem voos programados com a RYANAIR, de/para a Bélgica, entre 22 e 24 de abril de 2022, verifique sua condição com a companhia aérea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.