A IATA recomenda dimensões menores para bagagem de cabine

1 533

Em um comunicado de imprensa divulgado na 9 de junho, a IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) recomendou que o tamanho da bagagem de mão fosse reduzido. Um número tão grande dessa bagagem poderia ser armazenado nos espaços designados para esse fim dentro da aeronave.



Tom Windmuller, vice-presidente sênior do Departamento de Aeroportos, Passageiros, Carga e Segurança da IATA, disse que isso simplifica os procedimentos para passageiros e companhias aéreas. Após o lançamento deste programa, os passageiros poderão comprar bagagens marcadas com "IATA Cabin OK" e podem ter certeza de que a bagagem de mão atende aos padrões de tamanho impostos pela maioria das companhias aéreas. Para as companhias aéreas, isso significa reduzir o tempo de giro, pois o número de bagagem de mão que deve ser movida para o porão da aeronave será muito menor.

As dimensões recomendadas são 55 x 35 x 20 cm. Teoricamente, em um avião da 120 e ainda maior, todos os passageiros podiam guardar sua bagagem nos compartimentos especiais dedicados a eles.

Atualmente, as dimensões de bagagem de mão aceitas pela American Airlines, Delta Air Lines e United Airlines são 56 x 35.5 x 23 cm. Na Europa, essas dimensões são 55 x 40 x 23 cm.

Segundo a Windmuller, a 40 das companhias aéreas manifestou interesse nos novos padrões, e as operadoras 9 (Avianca, Azul, Caribbean Airlines, Cathay Pacific, China Eastern, China Southern, Emirates, Lufthansa e Qatar Airways) já afirmaram que eles vão implementá-los. As novas propostas da IATA não são obrigatórias, e as companhias aéreas são livres para ignorá-las ou modificá-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.