A Iberia começou a operar voos na rota Madrid - Malé, a 2 de julho de 2021

0 804

O Grupo Iberia avança continuamente na reativação das viagens e, nos próximos meses de verão, assumirá o compromisso de recuperar destinos e agendar mais capacidade nos países onde as restrições o permitirem. Assim, no terceiro trimestre, o Grupo Iberia irá operar voos para 112 destinos em Madrid. Serão 24 destinos de longa distância e mais 88 destinos de curta e média distância operados pela Iberia, Iberia Express e Iberia Regional / Air Nostrum.

A principal novidade da companhia neste verão serão os voos diretos de Madrid para as Maldivas. A empresa solicitou licenças para operar duas frequências semanais nos meses centrais do verão. Esta rota representa uma mudança na estratégia que a Iberia tem desenvolvido porque se dirige quase exclusivamente ao segmento de férias e será um voo ponto a ponto.

Madrid - Malé (Maldivas) com a Iberia.

De 2 de julho a 31 de agosto de 2021, a companhia aérea nacional espanhola oferecerá três voos semanais entre sua base no aeroporto Madrid-Barajas Adolfo Suarez e o aeroporto Malé-Velana, nas Maldivas. Os voos serão operados com aeronaves Airbus A330-200 ou A330-300, com capacidade para até 292 passageiros nas classes Executiva, Premium e Econômica.

Madri 21h20 - 11h25 + 1 Masculino - segunda, quarta e sexta-feira
Masculino, 22:00 - 06:10 + 1 Madrid - Quarta, Sexta, Domingo

A Iberia não tem concorrência direta ou indireta nesta rota. A empresa já oferecia essa rota por Doha, a partir de uma parceria com a Qatar Airways, sua parceira na aliança Oneworld. O destino Maldivas é servido, da Europa, pela Air France, Alitalia, Austrian Airlines, British Airways, Condor, Edelweiss Air, Lufthansa, Neos, Aeroflot ou Turkish Airlines. A empresa local das Maldivas não opera voos para o Velho Continente.

A Iberia vai operar voos para os cinco destinos dos EUA que existiam no programa operacional antes da pandemia.

Estados Unidos eles são outro mercado cuja inauguração desperta grande interesse, tanto pela chegada de visitantes à Espanha, como por turistas que desejam passar férias de Espanha. A companhia aérea opera voos para Miami e Nova York e, nos meses de verão, também operará voos para Boston, Chicago e Los Angeles, os cinco destinos que operaram ao longo do ano anterior à pandemia.

Em América Latina, A Iberia programou voos diretos para Guayaquil, no Equador, a partir de maio. A partir de julho, haverá duas rotas para Cali e San Juan de Puerto Rico. A empresa aguarda a reabertura da Venezuela para retomar os voos para Caracas. Assim, a companhia aérea ofereceria voos de Madrid para 18 capitais latino-americanas.

Na Europa, o Grupo Iberia recuperará grande parte de suas rotas de verão no terceiro trimestre.

Na Europa, Croácia será um dos seus mercados, com voos Iberia, Iberia Express e Iberia Regional / Air Nostrum para quatro destinos: Dubrovnik, Split, Zadar e Zagreb. No Itália, as companhias aéreas do Grupo Iberia operam voos para destinos clássicos como Bolonha, Florença, Milão, Roma e Veneza. Além disso, neste verão serão adicionados outros destinos como Bari, Cagliari, Catania, Olbia e Palermo que irão operar nos meses centrais do verão.

Em Portugalia, os voos de verão para Faro e Funchal operados pela Iberia Regional / Air Nostrum serão adicionados ao plano de voos onde já se encontram Lisboa e Porto, bem como um programa de charter da Iberia, de Lisboa e Porto à ilha de Porto Santo.

Em Grécia, As operações da Iberia também incluem voos Iberia e Iberia Express para destinos internacionais preferidos pelos turistas, como Heraklion (Creta), Kefalonia, Mykonos e Santorini. Além disso, a partir de junho, a Península Ibérica retomará as operações para Bergen e Oslo, Budapeste e Praga, e Iberia Express terá voos para Edimburgo, Manchester e, em julho, com Reykjavik.

A Iberia Regional / Air Nostrum também operará voos para o Norte da África.

Em Norte da África, A Iberia Regional / Air Nostrum voará para Casablanca, Marraquexe e Tânger assim que Marrocos reabrir as suas fronteiras e, a partir de Junho, para Argel, na Argélia.

As Ilhas Canárias e Baleares serão a grande aposta da Iberia Express.

Na Espanha, nos meses de julho e agosto, o baixo custo ajudará a recuperar a capacidade que a companhia aérea tinha em 2019, com mais de 507.000 mil lugares programados para aqueles dois meses entre as Ilhas Canárias e a Península e outros 276.000 mil lugares entre as Ilhas Baleares e a Península .

Nos mesmos meses, a Iberia Regional / Air Nostrum vai operar voos para todos os destinos servidos antes da pandemia, com 60 rotas adicionais às que operam para a Península Ibérica, com origem ou com destino a Madrid. Voará diretamente das Ilhas Baleares para vários destinos na Europa: de Maiorca a Nice e de Ibiza a Genebra, Nice e Zurique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.