(Atualização) A Itália prolonga o período de validade das condições de viagem impostas à Romênia

3 43.506

Atualização em 7 de setembro: Em 7 de setembro, as autoridades italianas decidiram prorrogar a aplicação destas medidas até 7 de outubro de 2020.



Atualização: 31 de julho, 21:00: O Ministério das Relações Exteriores afirma que Autoridades italianas anunciam prorrogação de até 10 dias de medidas sobre condições de entrada no território da República Italiana para pessoas provenientes da Romênia.

Assim, o MFA lembra que, de acordo com as informações oficiais comunicadas pelas autoridades italianas, às pessoas que chegam à República Italiana e que, nos últimos 14 dias, estiveram na Romênia ou que transitaram na Romênia, a obrigação de supervisão médica e auto-isolamento por um período de 14 dias. Os tripulantes dos meios de transporte de mercadorias e pessoas e os marítimos estão isentos desta medida. 

Atualização 24 de julho de 2020, 20:00: OFICIAL: Esclarecimentos do AMF sobre as condições de entrada no território da Itália. Segundo as informações apresentadas pelo MFA, são cerca de 14 dias de isolamento em casa.

Relatório inicial 24 de julho de 2020: Há poucos minutos, Roberto Speranza - o Ministro da Saúde italiano - assinou uma ordem que prevê a quarentena para todos aqueles que viajam da Romênia e da Bulgária para a Itália. Mas também para aqueles que estiveram na Romênia e na Bulgária nos últimos 14 dias.

Esta medida já está implementada para todos os países não pertencentes à UE e fora do espaço Schengen. Contudo, Itália nega acesso a cidadãos de 13 países. Armênia, Bahrein, Bangladesh, Brasil, Bósnia e Herzegovina, Chile, Kuwait, Macedônia do Norte, Moldávia, Omã, Panamá, Peru e República Dominicana.

Roberto Speranza também afirmou: O vírus não é derrotado e continua a circular e se espalhar. Por esse motivo, ainda precisamos de cautela e atenção.

Voltaremos com informações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.