Juntos podemos comprar um avião-ambulância!

0 154

A Associação Blondie continua a lutar para salvar crianças cujas vidas dependem de tratamento no estrangeiro! A organização ainda precisa de 500.000 mil euros para comprar a primeira ambulância aérea. Até agora, todas as 172 corridas pela vida foram organizadas com voos regulares.

“Crianças gravemente doentes não têm tempo. Você tem." é o nome da nova campanha de conscientização e arrecadação de fundos. As crianças com doenças graves e os seus pais lutam todos os dias com o tempo.

Adelina Toncean e a Associação Blondie tornaram-se suas aliadas e possibilitam viagens a hospitais no estrangeiro. Até agora, com voos regulares. Rania era uma das passageiras. Ele tem apenas nove meses, mas já passou pelas provações de uma vida inteira.

A cada voo, Adelina luta para arrecadar dinheiro e organizar tudo. Com a ajuda de uma ambulância aérea, as corridas pela vida não seriam mais condicionais. Isso economizaria um tempo precioso. Andreea também sabe o quão necessário seria tal avião.

Sua filhinha, Medeia, nasceu com problemas cardíacos. 12 diagnósticos e uma luta contínua, com jornadas dolorosas entre o hospital e casa, tratamentos e noites sem dormir. Mas agora a mãe sorri novamente: Medeia foi salva.

Na primavera passada chegou ao Hospital San Donato de Milão e foi submetido à operação necessária, também num voo da Blondie. Um avião-ambulância estaria à disposição de qualquer paciente - criança ou adulto - que não pudesse ser tratado no país, preparado e equipado para voar para qualquer hospital da Europa.

Para comprar uma aeronave deste tipo, a associação ainda precisa de 500.000 mil euros. E nossa ajuda. Vamos comprar juntos a primeira ambulância aérea na Roménia e dar tempo às crianças que não têm tempo. Grande compartilhamento para aviooon! Doe com muita facilidade diretamente no site: www.asociatia-blondie.ro/doneaza.

O clube de futebol Dínamo também aderiu à iniciativa. No clássico com o FCSB, os espectadores poderão doar dinheiro para o avião. Em três anos e meio, a Blondie organizou voos para mais de 500 crianças. A missão da associação? Para não deixar ninguém para trás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.