O primeiro lote de vacina Pfizer para COVID-19 chegou a Israel

0 505

Israel recebeu o primeiro lote da vacina Pfizer e está se preparando para a vacinação em massa. Com a chegada do primeiro transporte, será testada a logística de envio e armazenamento da vacina.

Em 9 de dezembro de 2020, um avião de carga DHL transportou aproximadamente 4.000 doses da vacina COVID-19. A aeronave decolou do aeroporto de Bruxelas e pousou no Aeroporto Internacional Ben Gurion.

Após o primeiro voo, que foi para testar a logística, mais de 10.000 doses foram transportadas no dia 10 de dezembro de 2020. A farmacêutica israelense Teva vai armazenar as doses nas condições recomendadas pelo fabricante.

O primeiro ministro israelense Benjamin Netanyahu e o ministro da Saúde Yuli Edelstein estiveram no aeroporto Ben Gurion para receber o transporte das vacinas.

O governo israelense espera atrair os cidadãos a serem vacinados, oferecendo vários incentivos. A pessoa vacinada pode ser dispensada da quarentena após viagem ao exterior ou após ter contato direto com pessoa confirmada no COVID-19.

Netanyahu disse que Israel chegou a um acordo com a Pfizer para comprar 8 milhões de doses de sua vacina contra o coronavírus, o suficiente para vacinar 4 milhões de pessoas, de acordo com a Bloomberg.

O Reino Unido foi o primeiro país a autorizar a vacina BioNTech / Pfizer em 2 de dezembro de 2020. Em 8 de dezembro de 2020, o Reino Unido iniciou o processo de vacinação em massa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.