A Holanda exige testes para cidadãos vacinados que viajam da Áustria, Croácia, Eslovênia e Suécia

0 155

O governo holandês está impondo exigências adicionais àqueles que chegam ao país vindos de quatro países da União Européia a partir de 27 de agosto, após um aumento no número de casos de Coronavírus em seu território. Os quatro países foram movidos para a lista amarela pelos mesmos motivos.



A decisão foi anunciada pelo Ministério das Relações Exteriores e afeta viagens da Áustria, Croácia, Eslovênia e Suécia. A partir de sexta-feira, dia 27 de agosto, aqueles que viajam dos quatro países devem apresentar o Certificado Digital COVID da UE comprovando que:

  • foram totalmente vacinados contra COVID-19, com uma das vacinas aprovadas pela Holanda como prova de imunidade para viagens,
  • se recuperaram da infecção por COVID-19 nos últimos 180 dias ou mais
  • apresentar o resultado negativo de um teste PCR realizado antes de chegar à Holanda

Os viajantes que chegam à Holanda vindos desses países são aconselhados a fazer o teste ao chegar na Holanda, mesmo que estejam vacinados.

Dados fornecidos pela Organização Mundial da Saúde mostram que somente em Áustria, que abriga 8.859.000 residentes, um total de 1.329 casos foram detectados nas últimas 24 horas, elevando o número de casos registrados desde o início da pandemia para 677.276. Suéciapor outro lado, registrou 1.122.139 casos desde o início da pandemia, dos quais 1.519 nas últimas 24 horas, e mais de 10 milhões de pessoas vivem na Suécia.

Croácia e Eslovênia, com 4.076.000 milhões de habitantes e 2.081.000 milhões de habitantes, respectivamente, registraram um número maior de casos de COVID-19 nos últimos dias. Nas últimas 24 horas, a Croácia notificou 596 casos, enquanto na Eslovénia foram registados 509 novos casos.

As viagens de países terceiros continuam a ser possíveis para os titulares de um certificado de vacinação válido que cumpra os requisitos definidos pelas autoridades holandesas e se o período de 14 dias tiver decorrido desde o recall.

“Um certificado de vacinação não é suficiente se você está viajando de um país que foi designado como área de alto risco epidemiológico. Também é necessário fazer um teste de PCR negativo antes de entrar na Holanda ”, afirma o comunicado do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.