A Qantas retira o Boeing 747-400 do serviço operacional. Último vôo com o Boeing 747-400 Qantas.

0 1.750

Em meio à crise gerada pela pandemia do COVID-19, as principais companhias aéreas são forçadas a reduzir as operações ou até suspendê-las completamente. As aeronaves são detidas no solo por períodos indeterminados.

Qantas retira Boeing 747-400

A Qantas, uma das principais operadoras aéreas, suspendeu os vôos internacionais e reduziu o número de vôos domésticos. Ele reteve grande parte de sua frota de voos de longo curso, incluindo todas as aeronaves A380 e Boeing 747. Segundo as informações mais recentes, a Qantas retomará os voos com o A380 somente em setembro.

No entanto, não são as mesmas boas notícias que temos sobre o Boeing 747. Nesses tempos difíceis, a Qantas decidiu retirar do serviço operacional as últimas 5 aeronaves Boeing 747-400.

Último vôo com Boeing 747-400 Qantas

último vôo-Qantas Boeing 747

O último voo operado por um Boeing 747-400 Qantas VH-OEE foi operado na rota Santiago do Chile - Sydney, em 28 de março de 2020.

A Qantas continuará usando aeronaves Boeing 747-400 para vôos de repatriação ou a pedido das autoridades. Mas não está previsto flutuá-los em voos comerciais programados.

No decorrer da história, a Qantas também teve os Boeing 747-200, 747SP e 747-300 na frota. Infelizmente, um período importante na história da Qantas termina no final de março de 2020, sob tristes circunstâncias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.