A Qantas se prepara para operar um de seus voos mais longos, na rota Buenos Aires - Darwin!

0 704

A Qantas vai operar um dos voos mais longos - uma viagem sem escalas de 14.683 km, de Buenos Aires a Darwin, por um atalho para o Pólo Sul. O voo, que partirá da capital argentina na terça-feira, 5 de outubro, será o mais recente de uma série de voos especiais de repatriação de cidadãos australianos retidos no exterior.

Será um voo longo - ainda mais longo do que a rota piloto operada pela Qantas de Perth diretamente a Londres - que poderá chegar a Darwin a caminho de Londres, pelo menos no curto prazo, se a Austrália Ocidental mantiver suas fronteiras fechadas.

A rota da maratona entre Perth e Londres é o serviço comercial mais longo da companhia aérea, com o Boeing 787-9 voando cerca de 14.498 km. O vôo para Buenos Aires tem apenas 185 quilômetros de extensão e também será operado por uma das aeronaves Dreamliner da companhia aérea.

Nos últimos 18 meses, a Qantas empreendeu uma série de voos fretados de repatriação, trazendo australianos de Londres, Delhi, Istambul e Frankfurt.

O voo de repatriação Buenos Aires - Darwin al Qantas tem uma duração estimada de quase 18 horas - o mesmo período de tempo dos voos diretos do Projeto Sunrise, entre Sydney e Londres. O projeto está em espera, pelo menos por enquanto, devido às restrições causadas pela pandemia do coronavírus.

Se o Projeto Sunrise for além, os passageiros que viajam entre Sydney e Londres a bordo de aeronaves Airbus A350-1000 podem desfrutar de apartamentos luxuosos na Primeira Classe, assentos novos e extra confortáveis ​​na Classe Executiva, uma nova abordagem na Classe Econômica Premium e até na Classe Econômica, além de áreas onde os passageiros podem ficar de pé e andar.

Qantas pretende retomar voos internacionais, a partir de 18 de dezembro de 2021, com voos diários para Cingapura, Londres e Los Angeles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.