Sete Estados-Membros da UE já começaram a utilizar o "Certificado Digital COVID da UE"

0 461

O sistema da União Europeia, responsável por verificar as funcionalidades de segurança contidas nos códigos QR de todos os certificados digitais COVID da UE, entrou em funcionamento a 1 de junho. Sete Estados-Membros da UE já começaram a usar o passaporte digital, um mês antes do prazo de implementação "Certificado digital COVID UE".

Desde 1 de junho, Bulgária, República Tcheca, Dinamarca, Alemanha, Grécia, Croácia e Polônia já se conectaram ao sistema e começaram a emitir os primeiros certificados de viagem COVID-19 da UE, enquanto alguns países decidiram se conectar ao sistema da UE. apenas quando todas as funções a nível europeu forem implementadas.

Sete Estados-Membros da UE já começaram a utilizar o "Certificado Digital COVID da UE".

De acordo com um comunicado de imprensa da Comissão da UE nesta fase, vários países irão aderir ao sistema nos próximos dias e semanas. Em 10 de maio de 22 países - incluindo Romênia - testaram com sucesso o sistema de computador que facilita a geração Certificados digitais COVID UE, a transmissão de dispositivos de segurança que permitem a verificação, centralização no portal europeu e validação de códigos QR por outros Estados-Membros da União Europeia.

Seven-states-have-started-using-Certificate-1

O regulamento será aplicável a partir de 1 de julho. Até então, o acordo político de 20 de maio deve ser formalmente adotado pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho. Na sequência da entrada em vigor do regulamento, haverá um período de introdução progressiva de seis semanas, durante o qual os Estados-Membros - que necessitam de mais tempo - começarão a emitir certificados. Ao mesmo tempo, a Comissão prestará apoio técnico e financeiro aos Estados-Membros neste domínio.

A Comissária para a Saúde e Segurança, Stella Kyriakides, por outro lado, insistiu que é importante que os Estados-Membros criem sistemas nacionais nas próximas semanas, para que o sistema possa estar totalmente operacional a tempo para o verão.

A Comissão da UE teve a ideia de criar o certificado digital COVID da UE para facilitar a livre circulação segura dos cidadãos na UE durante a pandemia COVID-19. A ideia foi apresentada a 17 de março, após o que, nesse dia, a Comissão trabalhou em estreita colaboração com os Estados-Membros para criar um passaporte digital que fosse aceite por todos os países.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.