Um Airbus A320 da empresa saudita Flyadeal foi danificado após um ataque de drone.

0 2.795

Um ataque de drone no Aeroporto de Abha, na Arábia Saudita, danificou um Airbus A320. A aeronave foi alugada para a companhia aérea saudita de baixo custo Flyadeal e foi uma das 12 aeronaves da frota.

Um avião pertencente à companhia aérea Flyadeal foi severamente danificado por um ataque de drones a um aeroporto da Arábia Saudita. O Aeroporto Regional de Abha, a cerca de 75 milhas da fronteira com o Iêmen, foi atingido por um drone, deixando a aeronave em chamas.

O incêndio foi extinto imediatamente, sem danos significativos à aeronave devido às chamas. No entanto, o ataque deixou um grande buraco na fuselagem da aeronave.

A aeronave estava no solo no momento do impacto.

De acordo com FlightRadar24.com, a aeronave Airbus A320-200, registrada HZ-FAB, estava no solo no momento do ataque. O avião, batizado de Suhail, foi recebido pela companhia aérea em setembro de 2017.

A aeronave havia sido usada para voos curtos para destinos como Jeddah, Dammam, Riyadh e Tabuk. O vôo mais recente foi para Abha de Dammam, chegando em AHB às 12:30, horário local. A julgar pelos danos visíveis, a aeronave não voará novamente tão cedo.

Rebeldes iemenitas assumiram a responsabilidade pelo ataque. O grupo Houthi, um aliado do Irã, disse que quatro drones foram usados ​​no ataque, que foi lançado em resposta a ataques aéreos ao Iêmen.

Quais serão as consequências para a companhia aérea?

Os danos à aeronave interromperão os planos flyadeal para a temporada de verão de 2021. A companhia aérea, lançada há três anos, tem grandes esperanças de expansão em um futuro próximo. Nos últimos 12 meses, segundo RadarBox.com, a HZ-FAB operou 1.441 voos e tem uma média de 128 horas de voo por mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.