Uma aeronave Airbus A310 Luftwaffe transportará pacientes COVID-19 da Romênia para a Alemanha

0 505

Hoje, uma aeronave Airbus A310 Luftwaffe transportará pacientes COVID-19 da Romênia para a Alemanha. O Comitê Nacional para Situações de Emergência adotou uma decisão sobre a transferência de pacientes com formas graves e graves de Covid-19 para a Alemanha. Uma equipe de médicos alemães está no país desde sexta-feira. A aeronave fará o percurso Colônia - Bucareste e retornará. Ainda não se sabe quantos serão transferidos para a Alemanha para receber tratamento especializado.

O Airbus A310 MedEvac LUFTWAFFE é uma "unidade de terapia intensiva de asa". A bordo estão as equipes médicas da Força Aérea Alemã (Luftwaffe). O Airbus A310 MedEvac foi construído na plataforma de um Airbus A310 Multi Role Tanker Transport (MRTT).

O número de pessoas com COVID-19 que serão transferidas para a Alemanha deve ser estabelecido, uma equipe médica deste país estará na Romênia para avaliar a situação, disse o primeiro-ministro interino, Florin Cîţu, na sexta-feira. Notícias quentes.

"Quero informar que uma equipe de avaliação de médicos militares da Alemanha veio para transferir pacientes para a Alemanha. Veremos exatamente quantas pessoas podem ir para a Alemanha e Arafat anunciará os detalhes, mas quero dizer que a equipe está aqui e avaliando a situação.", Disse Cîţu.

A equipa de avaliação é composta por pessoal do serviço médico das forças armadas alemãs, afirma a fonte citada. Uma aeronave da força aérea alemã também estará disponível na segunda-feira para a evacuação aeromédica estratégica de pacientes.

A equipe viajará em colaboração com o Departamento para Situações de Emergência, sob a liderança do Secretário de Estado Raed Arafat.

"A Europa caracteriza-se pela solidariedade e pela luta comum contra a COVID-19. Alemanha e Romênia permanecem unidas nestes tempos difíceis. Fico feliz, portanto, por receber a equipe médica da Alemanha na Romênia. Nestes dias sombrios, a boa cooperação entre nossos países é um verdadeiro raio de esperança. Cada vida conta. Portanto, espero que a missão e o transporte dos pacientes corra bem", O embaixador alemão, Peer Gebauer, foi citado pela Agerpres.

Missões semelhantes foram realizadas em março de 2020 entre a Itália e a Alemanha. Naquela época, a Itália estava sobrecarregada pelo número de casos de COVID-19, sem um tratamento ou vacina bem definidos. Infelizmente, a Romênia está passando por tais momentos no contexto em que existem vacinas aprovadas, tratamentos definidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.