Air Belgium e TUIfly Belgium podem operar voos de repatriação do Afeganistão

0 168

O exército belga chegou a um acordo com a Air Belgium e a TUIfly Belgium para repatriar cidadãos belgas do Afeganistão para a Bélgica, segundo notícias publicadas nos jornais do Grupo. sudpresse, mas que não foram confirmados pela TUI.

Na quinta-feira, o Ministério das Relações Exteriores estimou o número de pessoas a serem repatriadas em 580, incluindo 344 com passaportes belgas, 222 cidadãos afegãos com conexão para a Bélgica e vários holandeses ou luxemburgueses.

Duas aeronaves C-130 fazem parte da Operação Red Kite para evacuar cidadãos belgas e suas famílias do Afeganistão. Na sexta-feira, eles fizeram as primeiras rotações entre o aeroporto de Islamabad do Paquistão e Cabul. Os representantes belgas no local assegurarão que a aeronave atinja a capacidade máxima (cerca de sessenta pessoas), sabendo que o tempo de embarque disponível é reduzido para trinta minutos.

SudInfo a apurou na quinta-feira que as autoridades poderiam ter chegado a um acordo com a Air Belgium e a TUIfly Belgium para operar voos neste fim de semana entre Islamabad e Bruxelas. No total, seriam quatro voos organizados. Sarah Saucin, porta-voz da TUIfly, disse Aviation24.be que a informação não é confirmada, mas reconhece que a TUIfly recebeu um pedido da defesa belga.

Da mesma forma, a Lufthansa coopera com o governo alemão para o repatriamento de cidadãos alemães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.