Airbus A220 Air France operou o primeiro voo de teste

0 614

Em 26 de agosto, a aeronave Airbus A220, com as cores Air France, operou o primeiro vôo. Este vôo de o teste é a parte final da fase de montagem e uma etapa importante antes do processo de entrega do Airbus A220.



A aeronave decolou do local de produção no Aeroporto Mirabel, no Canadá, pousando - algumas horas depois. A bordo da aeronave também estavam representantes da Airbus que realizaram diversos testes durante o vôo.

Este voo é realizado para garantir a conformidade da aeronave e o bom funcionamento de todos os sistemas em voo. Esta é a primeira de 60 aeronaves Airbus A220-300 encomendadas pela empresa para substituir os Airbus A318 e A319 usados ​​para voos de curta e média distância.

Embora a entrada oficial na frota da Air France não esteja programada até o final de setembro, o Air France Airbus A220 voará novamente para outro grande teste no processo de entrega, o voo de aceitação do cliente.

Esta é a primeira de 60 aeronaves Airbus A220-300 encomendadas pela Air France.

Durante o voo, as equipes da Airbus, desta vez acompanhadas pelas equipes da Air France, verificarão a conformidade da aeronave com as especificações exigidas pela Air France. Esta nova fase marcará o início dos voos de treinamento em condições reais antes dos primeiros voos comerciais.

Com capacidade para 148 assentos e autonomia de 2.300 milhas náuticas, o A220-300 está perfeitamente adaptado à rede da Air France para voos de curta e média distância. Juntar-se à frota irá melhorar significativamente a experiência do cliente.

A última geração do Airbus A220 incorpora o compromisso da Air France com o desenvolvimento sustentável - usa 20% menos combustível do que a aeronave que substitui e tem uma emissão de ruído 34% menor em comparação com uma aeronave de geração mais antiga. Desempenhará um papel decisivo na realização dos objetivos da Air France, incluindo uma redução de 50% nas emissões de CO2 em termos absolutos na rede interna Paris-Orly e nas rotas inter-regionais até 2024 e uma redução de 50% nas emissões de CO2 por passageiro. / Km até 2030.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.