A Blue Air foi multada pela ANPC em 2 milhões de euros! Passageiros afetados por voos cancelados podem receber seu dinheiro de volta em no máximo 10 dias!

2 1.736

A Autoridade Nacional de Defesa do Consumidor (ANPC) anunciou que multou a Blue Air em 2 milhões de euros, a maior multa aplicada até agora pela autoridade. A ANPC iniciou uma ação de controle no mês passado, após quase 1.000 reclamações registradas contra a empresa.

"Tendo em conta os aspetos apurados após as verificações e a inexistência do volume de negócios declarado do operador económico, o que impossibilitou definindo uma multa como uma porcentagem, A Comissão decidiu aplicar um multas de 2 milhões de euros, equivalente em lei à taxa de câmbio do Banco Nacional da Romênia, em 12 de julho de 2022, 9,88 milhões de lei, de acordo com o disposto no art.15 (2) de Lei nº. 363/2007 sobre o combate à má conduta do consumidor em relação aos consumidores e harmonização dos regulamentos com a legislação europeia de defesa do consumidor, posteriormente alterada e completada", consta em comunicado da ANPC, assumido pela Economica.net!

ANPC mostra que, entre 30 de abril de 2021 e 30 de abril de 2022, Blue Air cancelou 11.289 voos, correspondente a eles 178.405 reservas para os quais foram feitos pagamentos no valor total de 66.5 milhões de lei, por consumidores em 20 Estados-Membros da União Europeia, em que a companhia aérea sujeita aos controlos opera voos regulares.

A ANPC ordenou como sanção complementar a medida corretiva prevista no art. 12 par. (1) aceso. a) da Lei 363/2007, nomeadamente ,,… rescisão do contrato e reembolso do valor dos serviços cancelados e respectivas indemnizações no prazo máximo de 10 dias“No cumprimento da opção dos consumidores e em relação a todas as reservas canceladas e para as quais o operador económico não procedeu ao devido reembolso dos montantes devidos, incluindo indemnização, na sequência do cancelamento de voos após 30 de abril de 2022.

Simultaneamente, a ANPC ordenou a medida de deixar de colocar à disposição dos consumidores, no mercado, ofertas de voos para as quais o operador económico não disponha dos equipamentos/meios/recursos necessários à sua realização, observadas as condições e características declaradas .

"Considerando que os desvios encontrados dizem respeito tanto aos consumidores romenos como aos da UE, a ANPC, através da Direção Geral de Controlo de Vigilância do Mercado e Harmonização Europeia, enviou um alerta à Comissão Europeia e às autoridades homólogas da ANPC, dos restantes Estados-Membros, solicitando a verificação, a nível europeu nível de violações semelhantes da legislação, além das denunciadas à ANPC, ou se já tiverem sido tomadas medidas para garantir o cumprimento da legislação da UE contra tais violações da Blue Air Aviaton SA", Mostra a instituição.

Os operadores económicos continuarão à atenção da ANPC, devendo o cumprimento das medidas ordenadas, de restituição dos montantes, bem como de cessação das práticas comerciais incorrectas, ser verificado pelos comissários, após o termo do 10 dias, previsto em lei.

2 Comentários
  1. […] Recordamos que a ANPC anunciou num comunicado de imprensa que a Blue Air foi multada em 2 milhões de euros! […]

  2. […] Entre a ANPC e a Blue Air está longe de terminar. Depois que a ANPC anunciou que havia multado a Blue Air em 2 milhões de euros, a transportadora de baixo custo romena acusou a ANPC de abuso de poder e até fez uma […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.