Viagem para a Austrália: vacina ou quarentena necessária por 14 dias.

0 551

A vacinação contra o COVID-19 passará a ser prioridade para todos os que viajam para a Austrália, com a reabertura das fronteiras internacionais. Se não houver evidência de vacina, os passageiros deverão ser colocados em quarentena por 14 dias em um hotel ou instalação aprovada pelo governo.

A escolha dos passageiros a serem vacinados ou colocados em quarentena foi assinalada por Stuart Robert, Ministro dos Serviços Governamentais, que acrescentou que O governo está trabalhando para garantir que os certificados de vacinação australianos sejam aceitos em todo o mundo.

Embora não acredite que a retomada das viagens internacionais para os australianos seja apropriada na situação atual, Stuart Robert disse que "a abertura das fronteiras exigirá a vacinação dos viajantes e exigirá a apresentação de certificados que atestem tal".

Também serão emitidos certificados de vacinação digital.

O Australian Immunization Registry será usado para emitir certificados de vacinação digital por meio de aplicativos para smartphones, começando com os aplicativos governamentais MyGov e Express Plus Medicare.

Conforme relatado anteriormente, a nova versão digital do cartão de passageiro recebido da Austrália para todos os passageiros que entram na Austrália também pode incluir prova de vacinação COVID.

Qantas Airlines, por meio do CEO Alan Joyce, está firme na posição: vacine-se ou fique em casa! Com o início do processo de vacinação contra o COVID-19, apenas aqueles que comprovarem a vacinação poderão embarcar em seus aviões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.