Lista de atualizações da República Tcheca: Portugal, Chipre e Ilhas Baleares entraram na lista vermelha

0 1.364

A partir de 12 de julho, Portugal, Chipre e as Ilhas Baleares espanholas serão colocados na lista vermelha da República Tcheca devido à situação epidemiológica em seus territórios, anunciaram as autoridades. O Ministério da Saúde tcheco também reiterou que, a partir de 1º de julho, as mesmas regras se aplicam aos viajantes que decidirem viajar de países nas listas vermelha e vermelha escura.

Pessoas retornando desses países devem preencher um formulário de chegada antes de chegar ao país e realizar um teste de antígeno ou PCR. Ao chegar ao território tcheco, você deve isolar-se e realizar um segundo PCR ou teste de antígeno, não antes do 5º dia de chegada, mas não depois do 14º dia.

“No caso de uma viagem à República Tcheca por via terrestre, com carro próprio, não é necessário fazer um teste antes do início da viagem, mas é obrigatório fazer um teste de PCR não antes do 5º dia e o mais tardar no dia 14 após a entrada no território da República Checa. O auto-isolamento é necessário até que o resultado seja conhecido ", é mostrado no comunicado de imprensa emitido pelo ministério.

A República Tcheca atualiza as listas: Portugal, Chipre e as Ilhas Baleares entraram na lista vermelha.

Com base nos dados disponíveis do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC), a lista atualizada também inclui países recém-inseridos na lista vermelha, como Bósnia e Herzegovina, Montenegro, Canadá, Kosovo e Letônia.

Países de baixo risco ou países em lista verde incluem Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Islândia, Itália, Liechtenstein, Lituânia, Hungria, Malta, Alemanha, Noruega, Polônia, Áustria, São Marino, Romênia, Grécia, Eslováquia, Eslovênia, Suécia, Suíça, o Estado da Cidade do Vaticano e a região portuguesa da Madeira.

Países terceiros na lista verde são Austrália, Hong Kong, Israel, Japão, Coréia, Canadá, Líbano, Macau, Nova Zelândia, Cingapura, EUA, Tailândia, Albânia, Sérvia, Macedônia do Norte e Taiwan. Por outro lado, os países que constaram da lista laranja e que foram recentemente acrescentados à lista verde são Andorra, Irlanda, Luxemburgo, Mónaco, Holanda e Açores.

Os passageiros que chegam nas categorias verde e laranja devem preencher um formulário de chegada e fornecer o resultado negativo de um PCR ou teste de antígeno, que não deve ser realizado mais de cinco dias antes da chegada à República Tcheca. Viajantes totalmente vacinados que chegam ao país 14 dias após o reforço, assim como aqueles que se recuperaram da doença, não têm exigências de quarentena e exames, desde que apresentem o certificado na chegada.

A instituição desencoraja viagens para países em lista negra devido a um risco extremamente alto de infecção por mutações do Coronavírus. Esta categoria inclui Botswana, Brasil, Índia, África do Sul, Colômbia, Lesoto, Malawi, Moçambique, Namíbia, Nepal, Paraguai, Peru, Rússia, Suazilândia / Eswatini, Tanzânia (incluindo Zanzibar e Pemba), Tunísia, Zâmbia e Zimbabué.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.