O Conselho da Concorrência sancionou 6 empresas do Aeroporto Henri Coandă no valor de 1.4 milhões de euros

0 1.087

O Conselho da Concorrência sancionou com 6,9 milhões de leus (cerca de 1,4 milhões de euros) seis empresas que oferecem serviços de catering (Comida & Bebida) no Aeroporto Internacional Henri Coandă de Bucareste para a definição de preços.



Multas no valor de 1.4 milhões de euros

O Aeroporto Internacional Henri Coandă de Bucareste confiou, em exclusivo, à empresa Dnata Catering a gestão dos espaços destinados à alimentação pública. A Dnata Catering, por sua vez, tem contratos subcontratados com Food & Beverages Managament, Trotter e City Cafe Express (ambas do grupo City Grill), além da Primero Business Consulting (atual Land of Util Tehnology) e RBK Property. Management.

No seguimento da investigação ex officio lançada em junho de 2019, o Conselho da Concorrência constatou que estas empresas coordenavam as suas políticas comerciais em termos de preços, descontos, promoções quer através de cláusulas contratuais, quer através de um conjunto de procedimentos e como realizar as relações contratuais, de forma alinhar constantemente seus preços pelos serviços prestados aos passageiros do aeroporto.

Desta forma, a concorrência de preços foi restringida e os passageiros do aeroporto não puderam pagar um preço inferior ao acordado por todos no mercado ou escolher os serviços com base no preço.

As multas foram aplicadas da seguinte forma:

  1. Dnata Catering SRL: 6.622.401 lei
  2. Gestão de Alimentos e Bebidas SRL: 43.558 lei
  3. Trotter Management SRL: 8.010 lei
  4. City Cafe Express SRL: 148.752 lei
  5. RBK Property Management SRL: 104.294 lei
  6. Primero Business Consulting SRL (atualmente Land of Util Tehnology SRL): 3.994 lei

Todas as seis empresas envolvidas reconheceram o ato anticompetitivo, beneficiando-se com a redução das multas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.