O Conselho Europeu está a sancionar a Bielorrússia pelo sequestro do avião RYANAIR. Todas as companhias aéreas da UE irão contornar o espaço aéreo da Bielorrússia!

0 200

Na sequência da reunião de 24 de maio de 2021, o Conselho Europeu condena veementemente a aterragem forçada de um voo da Ryanair com destino a Minsk, Bielorrússia, que teve lugar a 23 de maio de 2021. A ação pôs em perigo a segurança da tripulação e dos passageiros, bem como a aviação civil. Ao mesmo tempo, a Bielo-Rússia é sancionada pelas autoridades por deter o jornalista Raman Pratasevich e sua namorada, Sofia Sapega.



Assim, o Conselho Europeu decidiu tomar as seguintes medidas:

  • apela à libertação de Raman Pratasevich e Sofia Sapega e à garantia da sua liberdade de circulação;
  • exorta a ICAO a investigar urgentemente este incidente sem precedentes e inaceitável;
  • exorta o Conselho Europeu a adotar listas adicionais de pessoas e entidades com base no quadro de sanções pertinente;
  • exorta o Conselho Europeu a adotar sanções económicas específicas contra a Bielorrússia;
  • exorta todas as transportadoras da UE a evitarem sobrevoar o espaço aéreo da Bielorrússia;
  • convida o Conselho a tomar as medidas necessárias para Proibição de voos sobre o espaço aéreo da UE por companhias aéreas bielorrussas e para impedir voos operados por essas companhias aéreas para aeroportos da UE.

Ao mesmo tempo, o Conselho Europeu é solidário com a Letónia na sequência da expulsão injustificada de diplomatas letões da Bielorrússia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.