Coronavírus: Singapore Airlines reduz todas as operações em 96% e mantém 138 aeronaves em terra

Coronavírus: Singapore Airlines reduz todas as operações em 96% e mantém 138 aeronaves em terra

0 129

A Singapore Airlines reduzirá em 96% a capacidade operacional originalmente planejada para o final de abril. E isso se deve a novas restrições de viagem, fronteiras fechadas e maior controle de fronteiras em todo o mundo. Todas essas medidas foram tomadas pelas autoridades de cada país para combater a pandemia com o novo Covid-19. Vamos torcer para que tenham sucesso.

A redução da atividade operacional também resultará no aterramento de 138 aeronaves Singapore Airlines e SilkAir, de uma frota total de 147.

Singapore Airlines reduz todas as operações em 96%

E a transportadora de baixo custo Scoot também suspenderá a maioria de suas operações comerciais, o que resultará no aterramento de 47 aeronaves de um total de 49 existentes em sua frota.

boeing_777_200_scoot_10

Não está claro quando o Grupo SIA retomará seus serviços operacionais, dada a incerteza sobre quando as fronteiras serão reabertas.

As vendas de passagens aéreas caíram acentuadamente, assim como a demanda por viagens futuras, o que levou a uma queda significativa na receita da Singapore Airlines.

Singapura-Airlines-787-10

A Singapore Airlines continua a tomar medidas para reduzir custos durante essa interrupção sem precedentes das viagens aéreas globais. A empresa publicará detalhes adicionais quando essas medidas forem consolidadas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.