COVID-19 Daily - novembro 14: Áustria quer impor bloqueio para não vacinados; A República Tcheca quer testar crianças em escolas e escolas secundárias; Dinamarca quer impor "Corona Pass" no trabalho!

0 264

A pandemia de coronavírus está em seu curso sombrio e continua a fazer novas vítimas. A maioria dos países do mundo continua enfrentando dezenas de milhares de novos casos de COVID-19, mas os tratamentos avançados e as vacinas conseguiram reduzir a pressão sobre os sistemas médicos e reduzir ainda mais a mortalidade. Mas não é suficiente, e os países continuam a impor medidas restritivas para limitar ainda mais a disseminação do novo coronavírus.



  • A Áustria pretende impor um bloqueio às pessoas não vacinadas, uma medida desesperada proposta pelo governo austríaco na esperança de ser capaz de impedir a disseminação do novo coronavírus. De acordo com o Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças, a Áustria tem a menor taxa de vacinação de todos os países da Europa Ocidental, exceto Liechtenstein. Cerca de 65% da população da Áustria está completamente vacinada. Muitos austríacos são céticos em relação às vacinas, uma visão encorajada pelo Partido da Liberdade, de extrema direita, o terceiro maior no parlamento. 
  • Governo Tcheco pedirá às crianças que façam os testes COVID-19 em um esforço para reduzir um aumento recente de casos. Todas as escolas primárias e secundárias em todo o país serão obrigadas a testar 1,4 milhão de alunos do país em duas vagas, nos dias 22 e 29 de novembro, afirmou o ministro da Educação, Robert Plaga.

Pessoas tem o dever moral para com o resto da sociedade de proteger os outros

  • As pessoas que ainda não foram vacinadas quando a nova onda da pandemia do coronavírus se instalou na Alemanha precisam entender que têm o dever moral para com o resto da sociedade de proteger os outros, um declarou o chanceler alemão Angela Merkel. “Devemos deixar claro que tenho o direito de ser vacinado"E isso é um grande trunfo, uma grande conquista da ciência e da tecnologia", disse Merkel em um link de vídeo. "Mas também tenho uma certa obrigação de contribuir para a proteção da sociedade."
  • A Dinamarca propôs uma lei que permitiria aos empregadores impor empregado um “passe da coroa” digital na medida mais recente para reduzir o crescimento de infecções. Esta semana, o governo dinamarquês adotou a obrigação de apresentar certificados digitais para visitar bares fechados, restaurantes e outros locais públicos. Normalmente exibida por um aplicativo por telefone, a licença verifica se o titular foi vacinado, se o teste foi negativo ou se recuperou recentemente da infecção. De acordo com a nova legislação proposta, os empregadores podem decidir exigir que os trabalhadores apresentem licenças, embora os empregadores não sejam obrigados a fazê-lo.
  • A Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido tentou descobrir quantas pessoas foram infectadas duas vezes com COVID-19. O número é difícil de saber porque depende das pessoas que fizeram os testes e do sequenciamento das evidências, mas a agência diz que houve 361 casos definitivos de pessoas infectadas duas vezes, 3.480 casos prováveis ​​e 57.195 casos possíveis até outubro. O UKHSA diz que o número pode aumentar à medida que mais testes assintomáticos forem realizados, o que detectaria casos em que as pessoas receberam COVID-19 pela segunda vez, mas não apresentaram sintomas.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.