A tripulação da Brussels Airlines entrou em greve por três dias. Mais de 300 voos foram cancelados!

0 726

Esta manhã, a tripulação de cabine e os pilotos da Brussels Airlines, juntamente com os sindicalistas que os representam, reuniram-se perto do aeroporto de Bruxelas para protestar.

Por volta das 10h00, todos se dirigiram à sede da Brussels Airlines para manifestar a sua insatisfação, informa aviação24.be. Os sindicatos estão pedindo medidas estruturais para garantir o futuro da empresa e de seus funcionários. A greve de três dias faz parte do conflito social.

em branco
Greve das companhias aéreas de Bruxelas

A Brussels Airlines disse que já cancelou 315 voos nos próximos três dias, afetando cerca de 40.000 passageiros. A maioria foi redirecionada em voos de parceiros da Lufthansa ou outras companhias aéreas parceiras da Brussels Airlines, explicou o porta-voz da companhia aérea, Maaike Andries.

Outros passageiros não tiveram a mesma sorte e não receberam soluções de voo, mas terão seu dinheiro de volta. Aqueles afetados por essas greves, que não chegarem ao seu destino ou chegarem com três horas de atraso, também terão direito a compensação financeira até 600 euros.

A Brussels Airlines reconheceu a alta carga de trabalho e disse que reduziria a pressão sobre a tripulação de voo cancelando voos e contratando pessoal adicional, mas disse que os resultados financeiros (uma perda de 60 milhões de euros no primeiro trimestre de 2022) não permitem fazer indexações salariais .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.