A Embraer apresentou uma aeronave conceito turboélice com motores montados na parte traseira

0 953

Em seu último relatório financeiro (mostrando seu primeiro lucro trimestral em mais de três anos), a Embraer revelou um novo visual incomum para seu futuro conceito de turboélice.

O projeto ainda usa a fuselagem da família de aeronaves E1, mas a nova versão da aeronave tem dois motores turboélice montados em ambos os lados da cauda, ​​uma mudança incomum em relação aos motores mais convencionais montados em asas. O novo conceito apresentado pela Embraer deve ser muito mais silencioso que os modelos existentes. O par de asas também foi movido para trás para equilibrar o avião.

Seria o primeiro turboélice Embraer do EMB-120 Brasília. Diz-se que os turboélices são mais eficientes em viagens mais curtas. A ambição é competir com o De Havilland Canada Dash 8-400 e o ATR-42/72, que não viram nenhuma evolução significativa há muito tempo.

A Embraer quer trabalhar com um parceiro neste novo projeto. Será uma aeronave regional dedicada a voos curtos, que terá capacidade para transportar entre 70 e 90 passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.