A Estônia colocou a Romênia na lista verde

0 261

Os cidadãos do Vaticano e da Romênia podem viajar para a Estônia sem estarem sujeitos a restrições de entrada ao chegar ao país báltico. Esses territórios são os únicos na lista verde da Estônia.

De acordo com o anúncio do governo da Estônia, todos os outros países europeus estão na lista vermelha, que registrou altas taxas de infecção nas últimas duas semanas. Pessoas não vacinadas nos países da lista vermelha são obrigadas a cumprir as regras de quarentena obrigatórias e os requisitos de teste. Além disso, os viajantes devem preencher o formulário de chegada.

As autoridades da Estônia anunciaram que as novas mudanças entrarão em vigor em 27 de dezembro. As autoridades da Estônia continuam a classificar outros países nas listas verde amarelo şi tomates, levando em consideração a taxa de infecção de COVID-19.

Atualmente a lista verde inclui países com uma taxa COVID-19 de duas semanas de até 75 por 100.000 habitantes e consiste apenas nos países e regiões do Vaticano e da Romênia.

lista amarelo da Estônia, que é composta por estados com uma taxa de infecção de COVID-19 entre 75 e 200 por 100.000 habitantes, está vazia.

Todos os outros países e regiões europeus e terceiros estão na lista vermelha. Os viajantes nos territórios listados no vermelho que não completaram o processo de vacinação contra o vírus devem permanecer isolados por dez dias após a chegada. Além disso, eles deverão fazer um teste COVID-19 na chegada e no sexto dia após a chegada. Se ambos os resultados do teste forem negativos, o processo de quarentena pode ser abreviado.

Os passageiros vacinados contra o vírus não são obrigados a realizar o processo de teste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.