Grécia endurece medidas para turistas sem reforço

0 430

As autoridades gregas decidiram reforçar as medidas anti-coronavírus a partir de 1º de fevereiro de 2022. Eles equipararão os cidadãos que não receberam uma terceira dose da vacina aos que não foram vacinados e os proibirão de entrar em espaços confinados.

É o que disse o chefe do Ministério da Saúde grego, Thanos Pleuris, lembrando que a proibição do confinamento se aplicará a quem foi vacinado há mais de sete meses e não recebeu dose de reforço. Esses cidadãos serão considerados não vacinados.

Ao mesmo tempo, seu certificado será válido, pois é um documento padrão pan-europeu e seu período de validade é de nove meses. Mas as pessoas sem uma dose de reforço não "desfrutarão dos benefícios do uso interno e externo que estão disponíveis para aqueles totalmente vacinados (com a terceira dose)".

Relembramos que na Grécia, a partir de meados de novembro de 2021, os não vacinados podem visitar restaurantes, cinemas, museus, ginásios apenas com um teste de PCR. Em conexão com a disseminação da cepa Omicron, várias restrições estão em vigor no país até 16 de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.