A Itália suspenderá as regras de entrada do COVID-19 a partir de 1º de junho!

0 640

As autoridades italianas revelaram na segunda-feira que o país pretende renunciar a todas as regras de entrada para todos os viajantes que desejam entrar no país.

A notícia foi anunciada pelo ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza. Ele disse que o requisito atual de apresentar uma permissão COVID na chegada à Itália não será prorrogado quando expirar em 31 de maio.

De acordo com o comunicado do ministro, a partir de 1 de junho, todos os viajantes, independentemente do seu país de origem, deixarão de ser obrigados a ter um certificado de vacinação, recuperação ou teste válido quando chegarem a Itália.

Isso significa que assim que a nova medida entrar em vigor, todos poderão entrar sem restrições. No entanto, as autoridades italianas ainda não confirmaram oficialmente o levantamento das regras de entrada.

A Itália é um dos países da UE que manteve as restrições mais rígidas devido às altas taxas de infecção que registrou nos estágios iniciais da pandemia.

Até à data, todos os viajantes foram obrigados a apresentar um certificado de vacinação atestando que o titular realizou a vacinação primária nos últimos nove meses ou recebeu uma vacinação de reforço. A Itália também aceitou certificados de recuperação que comprovam que o titular se recuperou do COVID nos últimos nove meses e aceitou os resultados dos testes COVID-19.

No entanto, com a temporada de viagens de verão se aproximando e a maioria dos outros países da UE / EEE desistindo das regras de entrada, a Itália decidiu fazer o mesmo. Além disso, acredita-se que a decisão das autoridades italianas de abandonar as regras de entrada com COVID-19 também decorre de baixas taxas de infecção e altas taxas de vacinação.

Embora as autoridades italianas ainda não tenham confirmado o levantamento das regras de entrada do COVID, um total de 19 países da UE / EEE já derrubaram todas as restrições. Áustria, Bélgica, Bulgária, República Tcheca, Croácia, Chipre, Dinamarca, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Letônia, Lituânia, Noruega, Polônia, Romênia, Eslovênia, Suécia e Suíça eliminaram todas as regras até agora. Todos os viajantes estão autorizados a entrar nesses países sem restrições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.