Madeira abre o "corredor verde" para vacinados e curados pelo COVID-19

0 2.559

Como prevemos para 2020, a pandemia COVID-19 colocará a humanidade à prova em 2021. Levará algum tempo até nos livrarmos da ameaça desse vírus.

A diferença entre o ano passado e este ano em relação ao novo coronavírus está no fato de a maioria de nós saber contra o que estamos lutando, temos algumas vacinas no mercado, alguns tratamentos eficazes e esperamos uma normalidade sem (muitas) restrições e condições.

Infelizmente, se assim podemos chamar, o ano de 2021 será uma transição para uma nova normalidade, e as viagens a turismo certamente serão mais do que em 2020, mas também condicionadas em alguns lugares.

Certificados de vacinação, por passaportes de vacinação, de corredores verdes, de Passe de viagemÉ claro que todas essas discussões e esforços estão sendo feitos para que as pessoas possam viajar com mais facilidade entre os países, sem ter que ficar em quarentena.

Madeira vai introduzir instalações para vacinados

A Madeira, por exemplo, anunciou a abertura de um “corredor verde” para os vacinados e curados pelo COVID-19. Aqueles com testes COVID-19 negativos já podem viajar para a Madeira de qualquer forma.

Mas para a época de verão, a Madeira quer mais turistas e depois anunciou este corredor verde para quem está vacinado ou pela cura do COVID-19. Os turistas devem provar que estão se recuperando de Covid-19 nos últimos 90 dias ou que eles têm um certificado oficial de vacinação, que inclui a data das duas doses tomadas e o período de imunização de cada vacina. Os documentos devem ser apresentados em inglês no site Madeirasafe.com antes da viagem.

Apesar de estarem a ser envidados esforços para retomar o turismo de massa, a Madeira encontra-se actualmente na lista vermelha de muitos países apenas por estar sob domínio português. De acordo com as autoridades da Madeira, ocorrem em média 50 novos casos de COVID-19 por dia, mas ao mesmo tempo cerca de 80 pessoas são declaradas curadas. Estima-se que a população da Madeira esteja 70% imunizada até ao final deste ano.

O exemplo da Madeira será certamente seguido por outros países dependentes do turismo e podemos citar aqui Espanha, Grécia, Bulgária, mas também outros países europeus. Ou Passe digital verde aprovado pela UE e então tudo ficará mais claro para os habitantes do velho continente.

Portugal está atualmente em Lista amarela da Romênia e todos os que viajam de Portugal para a Roménia vão precisar Teste de PCR negativo para COVID-19 e permanecerá isolado por 10 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.