A Holanda entra em bloqueio: lojas não essenciais, bares, cabeleireiros e outros locais públicos serão fechados!

0 1.120

A Holanda anunciou um bloqueio rígido de Natal em meio a preocupações com a variante do coronavírus Omicron. Lojas não essenciais, bares, cabeleireiros e outros locais públicos estarão fechados pelo menos até meados de janeiro. Duas / quatro pessoas por família serão aceitas durante as férias.

Os países europeus endureceram as restrições à medida que a variante Omicron se espalha. As novas regras na Holanda, as mais rígidas que foram anunciadas até agora na Omicron, entram em vigor no domingo, 19 de dezembro.

Segundo as novas regras, as pessoas são incentivadas a ficar em casa o maior tempo possível. Limites estritos serão colocados no número de pessoas que podem se reunir. No máximo dois hóspedes com idade mínima de 13 anos serão permitidos nas residências, sendo quatro nos dias 24 a 26 de dezembro e na Reveillon e Reveillon.

As competições esportivas não terão espectadores. Os mercados e feiras semanais estarão fechados. As escolas estarão fechadas até 9 de janeiro, pelo menos. Outras medidas rígidas permanecerão em vigor até 14 de janeiro.

Os restaurantes só poderão operar na base de entregas e venda de alimentos embalados, e as lojas não essenciais poderão vender com base no serviço click and collect.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.