Portugal atualizou as restrições de viagens para o Reino Unido e Brasil

0 231

As autoridades portuguesas atualizaram as restrições de viagem para o Reino Unido e o Brasil. Assim, Portugal permite viagens não essenciais para quem chega do Brasil, após cerca de um ano e meio de restrições.

A partir de 1º de setembro, aqueles que chegarem do Reino Unido não precisarão mais ser colocados em quarentena. Esta decisão também se aplica aos não vacinados. No entanto, continua a ser necessário apresentar o resultado negativo de um teste PCR ou de um teste rápido antigénico efectuado o mais tardar 72 horas antes da chegada a Portugal.

Com a nova atualização sobre as restrições de entrada, os viajantes do Brasil podem finalmente entrar em Portugal após uma proibição de 18 meses, apesar de ser a maior comunidade de emigrantes em Portugal. Os viajantes no Brasil também estarão isentos da quarentena se apresentarem resultado negativo no teste, assim como os britânicos.

A decisão, anunciada em 31 de agosto, entrou em vigor em 1 de setembro e deverá vigorar até pelo menos 16 de setembro.

Ambos os países viram recentemente um declínio no número de casos COVID-19, com o Reino Unido - que tem uma população de 66 milhões - registrando 31.931 casos nas últimas 24 horas, enquanto o Brasil, que tem uma população de 211 milhões, registrou um total de 10.466 casos. De acordo com as taxas de vacinação desses dois países, até o momento, o Brasil vacinou completamente 29% de sua população, enquanto o Reino Unido vacinou completamente 64.4% de sua população.

Em Portugal, 83.2% da população - num universo de 10.28 milhões de habitantes - já foi vacinada, sendo a vacinação dos 12-15 anos a partir de 4 de setembro. O país registrou 1.908 casos nas últimas 24 horas, elevando o número total de casos desde o início da pandemia para 1.037.927.

A Ministra de Estado de Portugal, Mariana Vieira da Silva, anunciou na passada sexta-feira que haverá outros abrandamentos das restrições: aumentar o número de pessoas que podem ficar juntas em restaurantes e cafés, em interiores - de 6 para 8 pessoas, e fora - de 10 a 15 pessoas. Nos finais de semana, testes negativos ou certificados digitais COVID ainda são exigidos para espaços internos e também para estadias em hotéis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.