Alemanha suspende restrições sobre vacinados e imunizados

0 3.953

O governo alemão está preparando um pacote de novas regulamentações anticovid, mas que removerá todas as restrições para os vacinados com o esquema completo. Ao entrar na Alemanha, o vacinado deverá apresentar o certificado de vacinação, sem ter que apresentar o teste PCR negativo do COVID-19 e sem estar em quarentena. Ao mesmo tempo, todas as restrições ao turismo serão suspensas.

Os turistas não terão que ser colocados em quarentena

Assim, após umas férias no estrangeiro, ao regressar à Alemanha, os turistas não terão que ser colocados em quarentena, a menos que venham de uma área considerada de alto risco epidemiológico. Regulamentos já estão em vigor em vários estados que removem restrições para alemães já vacinados, então agora eles só precisam aplicar o recíproco.

Assim, o objetivo deste plano "ambicioso" é devolver ao maior número possível de cidadãos os seus direitos fundamentais uma vez imunizados, porque o risco de coronavírus diminuirá para eles e para a sociedade como um todo. O governo alemão espera que O Conselho de Ministros aprovará o projeto na quarta-feira e na quinta e na sexta-feira, respectivamente, deve ser ratificado pelo Bundestag (câmara baixa) e pelo Bundesrat (câmara territorial).

Do setor de turismo alemão, o CEO da TUI, Fritz Joussen, aplaudiu a mudança nos regulamentos: "É justo restaurar a liberdade das pessoas vacinadas ”, disse o gerente, que considerou que as pessoas totalmente vacinadas“ não representam risco de propagação do vírus e não contribuem para sobrecarregar o sistema de saúde."

"Férias de verão na Alemanha e no sul da Europa serão possíveis em 2021", Disse Joussen, coincidindo com a previsão feita dias antes pelo comissário de turismo do governo federal, Thomas Bareiß.

Internamente, os vacinados não serão mais obrigados a cumprir as medidas anticovides. Eles terão permissão para viajar à noite, entre as 22h00 e as 05h00, poderão ir a lojas, museus, parques de diversões e desfrutar de outros serviços restritos em áreas de alta incidência.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 28,2% da população alemã (23,5 milhões) recebeu pelo menos uma dose e 8,0% (6,5 milhões de pessoas) já tem o esquema vacinal completo. A estes devem ser adicionados um pouco mais de 3 milhões de pessoas que estão registradas nas autoridades alemãs como já recuperadas da infecção COVID-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.