Grécia introduz vacinação obrigatória para pessoas com mais de 60 anos!

0 225

A partir de 17 de janeiro, os cidadãos gregos e os residentes permanentes com mais de 60 anos que ainda não receberam as vacinas COVID serão obrigados a pagar multas mensais a partir de 50 euros. As multas dobrarão em fevereiro e aumentarão gradualmente para aqueles que continuarem recusando a vacinação.

A decisão surge após um aumento do número de casos positivos de COVID-19 observados no país, além de uma baixa taxa de vacinação de apenas 67,1%, abaixo da média de vacinação administrada a toda a população da UE/EEE.

A decisão das autoridades gregas indignou os cidadãos gregos. Muitos reclamam que a vacinação com base em consultas é muito difícil.

"Marquei no dia 11 de janeiro para me vacinar, mas as autoridades não encontraram lugar para mim até 31 de janeiro. Por que não me marcaram antes? Não é minha culpa, mas agora eles dizem que eu deveria pagar uma multa. Por que?" perguntou um residente grego.

Além dos cidadãos gregos, expatriados da mesma idade são obrigados a seguir a regra, o que tem causado certa inquietação, já que alguns expatriados estão lutando para se vacinar no país, mas falham porque não possuem um AMKA (Número de Registro de Seguro) . sociais). Outros têm lutado para que suas vacinas sejam reconhecidas na Grécia, pois já são vacinadas fora da UE.

Esta regra imposta pelas autoridades também afeta o pessoal médico não vacinado. Profissionais de saúde não vacinados foram suspensos e correm o risco de perder seus empregos se não forem vacinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.