A Turquia NÃO abre mão dos testes de PCR para viagens aéreas em voos domésticos ou na fronteira!

0 447

Houve vários relatos nos últimos dias de que a Turquia está se preparando para derrubar as restrições, incluindo a solicitação de um teste de PCR. Muitos elogiaram a iniciativa e esfregaram as mãos de alegria.

Apenas essa informação se referia a viagens domésticas na Turquia. Mesmo assim, a Turquia NÃO abre mão dos testes de PCR. Houve discussões e propostas, mas o Ministério do Interior esclareceu a situação. Testes de PCR para viagens aéreas domésticas NÃO são dispensados.

De acordo com o despacho do ministro, o teste PCR continuará a ser solicitado a pessoas não vacinadas que não concluíram o processo de vacinação e não contraíram o coronavírus nos últimos 180 dias.

Em relação às viagens da Romênia para a Turquia, as regras são as seguintes:

Ao entrar na Turquia a partir da Romênia (a partir de julho de 2021 - a terceira etapa do processo de normalização gradual), as seguintes medidas são mantidas:

As pessoas que apresentarem um teste PCR negativo, o mais tardar 72 horas antes de entrar na Turquia, são excluídas da medida de quarentena.

Estão isentos da medida de quarentena e da apresentação do teste PCR negativo:

  • Indivíduos que apresentem comprovante de vacinação com duas doses de vacina (listadas pela OMS ou Turquia para uso emergencial) / 1 dose para Johnson & Johnson e para os quais 14 dias se passaram desde a dose de reforço.
  • Pessoas que possam provar que foram infectadas com SARS-CoV-2 nos últimos 6 meses, desde que a entrada na Turquia ocorra a partir do 28º dia após o resultado do primeiro teste PCR positivo. A prova de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 pode ser: um resultado positivo de um teste de PCR, um certificado emitido por instituições médicas certificadas estaduais ou privadas, assinado e carimbado, emitido em inglês.
  • Pessoas que apresentam o resultado de um teste rápido de antígeno negativo, realizado no máximo 48 horas antes da entrada na Turquia, emitido em inglês por uma unidade médica certificada. Testes de antígenos realizados em casa/residência e não acompanhados de atestado médico NÃO são aceitos.
  • Crianças menores de 12 anos estão isentas de apresentar um teste de PCR/antígeno ou certificado de vacinação. Menores de 12 a 18 anos que apresentarem comprovante de vacinação (pelo menos 14 dias após a conclusão do calendário completo de vacinação) NÃO devem apresentar teste COVID-19 negativo.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.