As autoridades romenas estão considerando a introdução de máscaras FFP2

0 640

O primeiro ministro Nicolae-Ionel Ciuca convocou uma reunião de trabalho com os responsáveis ​​pela gestão da pandemia COVID-19. O objetivo era analisar medidas para prevenir e combater os efeitos da pandemia COVID-19.



Foi discutida a evolução da pandemia no país e a nível da União Europeia, destacando-se um conjunto de medidas consideradas em função desta situação, que protegeria a saúde dos romenos e permitiria a continuação do funcionamento das escolas e dos sectores económicos.

As medidas discutidas na reunião em causa:

✅Continuação da vacinação como a solução mais segura para proteger a vida e a saúde dos romenos contra as formas graves de doença geradas pela SARS-CoV-2;

✅O uso correto da máscara cirúrgica ou outro tipo de máscara que atenda aos padrões da FFP2, medida que pode ser generalizada em todo o país;

✅Nas escolas, a fim de proteger a saúde de crianças e professores, a eficácia dos programas de teste de alunos e a possibilidade de incluir no pacote de medidas o fornecimento de máscaras gratuitas para alunos necessitados, juntamente com a capacidade de administrar testes nas escolas, foram analisados;

✅Para continuar em boas condições o funcionamento dos serviços públicos, mas também das actividades económicas, foram apresentadas como soluções a alternância do programa de trabalho, respectivamente o desemprego técnico;

✅Realização de atividades de comunicação e informação, em conjunto com medidas de combate à desinformação, de forma a garantir o mais alto nível possível de informação correta da população.

Lembramos que cada vez mais países decidiram impor o uso de máscaras FFP2. Inclusivo A Itália decidiu introduzir a máscara FFP2 em áreas públicas e meios de transporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.