A Pakistan International Airlines foi aprovada na auditoria IATA.

0 81

A Pakistan International Airlines (PIA) foi aprovada na auditoria de segurança da IATA (IOSA) para a retomada dos voos para a União Europeia, Reino Unido e Estados Unidos. O registro IOSA foi renovado com sucesso e é válido até 23 de junho de 2023.

No entanto, a Autoridade de Aviação Civil do Paquistão (PCAA) também deve aguardar a auditoria realizada pela Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO) antes de poder retomar os voos para destinos na Europa e nos EUA.

No final de junho de 2020, O PIA foi proibido de voar no espaço aéreo europeu e americano. Depois de um acidente de avião em 22 de maio, que causou a morte de 98 pessoas, revelou que 30% dos 860 pilotos da empresa trabalhavam com licenças falsas.

Os voos da PIA foram proibidos para a União Europeia, o Reino Unido e os Estados Unidos em maio de 2020.

Como resultado, os voos da PIA foram proibidos para a União Europeia, Reino Unido e Estados Unidos. A PIA foi instruída a conduzir auditorias de segurança pela International Air Transport Association (IATA), a fim de retomar os voos nas rotas ocidentais. O fiasco de licenças falsas para a PIA não terminará até que a Autoridade Reguladora Nacional PCAA receba os resultados das auditorias especiais realizadas pela ICAO.

No ano passado, a companhia aérea passou por duas auditorias de verificação - a primeira teve um escopo limitado e a segunda foi uma auditoria de verificação, uma auditoria completa que cobriu as operações de voo, serviços de voo (operações de cabine), qualidade de seguro, gestão de segurança, serviços de segurança, engenharia e serviços de manutenção, assistência em terra, operações de carregamento e procedimentos de pouso e decolagem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.