A FAA emitiu uma nova diretriz de aeronavegabilidade para aeronaves Boeing 737 NG e MAX.

0 517

A Federal Aviation Administration (FAA) emitiu uma nova Diretriz de Aeronavegabilidade (AD) para aeronaves Boeing 737 NG e MAX depois de receber vários relatórios de rachaduras no conjunto do batente da porta dianteira.

Isso pode resultar em que a porta de entrada da aeronave afetada não pode suportar a carga limite, arriscando uma rápida descompressão da cabine. A aeronave e o operador não foram especificados na diretriz de aeronavegabilidade.

Como uma ação corretiva, A FAA pediu aos operadores que identificassem todos os encaixes de parada instalados na aeronave e, caso fossem identificadas peças defeituosas, que as substituíssem. “Com um conjunto de novos batentes que melhoram a espessura e a resistência da parede”.

A nova diretriz, em vigor desde 29 de março de 2021, refere-se às aeronaves que fazem parte da família Boeing 737 NG, bem como à família Boeing 737 MAX e afeta 1.075 aeronaves registradas nos Estados Unidos.

Lembramos que A Federal Aviation Administration (FAA) monitorará todos os voos das aeronaves Boeing 737 MAX verificar o desempenho da frota MAX à medida que a aeronave retorna ao serviço operacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.