Um ano de prisão e uma multa, é assim que um homem que queria viajar de Bruxelas recebeu um falso teste de PCR!

0 1.064

Um tribunal de Bruxelas condenou um homem a um ano de prisão e multa de 4.000 euros por tentar pegar um avião com um falso teste de PCR.

Em 7 de maio, um homem chegou ao aeroporto de Bruxelas com o resultado de um teste de PCR que mostrou resultados negativos para coronavírus. Quando um oficial verificou no laboratório que ele tinha feito o teste, descobriu-se que as referências eram falsas e o homem confessou que comprou o certificado falso por 30 euros.

O Ministério Público propôs um acordo amigável de 750 euros, mas o homem recusou. Foi condenado a julgamento e condenado a 1 ano de prisão e a uma multa de 4.000 euros.

O Tribunal declarou em seu veredicto que " A pessoa em questão mostrou uma atitude anti-social e perigosa. Também põe em perigo a saúde e a segurança de seus colegas”. Entre 19 de abril e 11 de junho de 2021, 576 pessoas foram flagradas usando testes de PCR falsos no aeroporto.

No futuro, é melhor você fazer o teste e se livrar dele mais barato. Para evitar a falsificação de certificados, o novo certificado digital COVID-19 foi adotado a nível europeu. Não é à toa que alguns documentos são aceitos em formato eletrônico, não impressos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.